Pilates no tratamento da Hérnia de Disco

SubstandardFullSizeRender

No último final de semana aconteceu aqui Vittalis Studio Pilates o curso de Pilates no Tratamento da Hérnia de Disco, realizado pelo PMA-CPT Jacson Bonafé.

Os instrutores que participaram do curso puderam aprender um pouco mais sobre a fisiopatologia e biomecânica da lesão, bem como treinar exercícios para incluir no repertório de treinamento desses pacientes.
O Pilates é hoje utilizado por fisioterapeutas como auxílio ao tratamento fisioterapêutico, nas mais diversas patologias ortopédicas, reumatológicas e respiratórias . Entre diversas patologias podemos citar a hérnia de disco lombar, que é caracterizada pelo deslocamento do núcleo pulposo para os espaços intervertebrais. É a mais frequente entre as hérnias de disco, acomete principalmente adultos jovens entre os 30 e 50 anos de idade.

Um processo degenerativo lento, esforço brusco ou traumatismo em jovens podem ser fatores que desenvolvem a hérnia de disco. Seguidos de outros como a idade, a carga de trabalho física e psicossocial, a dor isquiática, a obesidade, o tabagismo, osteoartrite e a genética que também são fatores que influenciam a hérnia de disco.

hernia vittalis pilatesEla pode ser classificada em:

  • Protrusa: quando a base de implantação sobre o disco de origem é mais larga que qualquer outro diâmetro.
  • Extrusa: quando a base de implantação sobre o disco de origem é menor que algum dos seus outros diâmetros ou quando houver perda no contato do fragmento com o disco.
  • Seqüestrada: quando um fragmento migra dentro do canal, para cima, para baixo ou para o interior do forâmen.

 

Os exercícios de flexão tem contraindicação-relativa nas hérnias discais agudas e nas protrusões discais difusas acentuadas, com dor grave e canal estreito. Já os de extensão estão indicados nas protrusões difusas e focais do disco, fora do período agudo doloroso, com cuidados especiais em caso de artrose zigapofisária

Uma boa notícia é que a história natural da hérnia de disco mostra que a maioria dos casos cicatrizam e acabam sendo reabsorvidos (diminuem) com o tempo. Esse período para a reabsorção é muito variável de paciente para paciente, podendo ser de algumas semanas até alguns meses. Trata-se de um processo natural de cura que pode efetivamente ocorrer ao longo do tempo. Em alguns pacientes a reabsorção pode demorar muito ou até mesmo ocorrer uma calcificação do disco, levando a sintomas persistentes.

O paciente com hérnia de disco lombar pode ser reabilitado com o Pilates, pois a literatura aponta como benefícios do método a melhora do condicionamento físico, da circulação, da postura, diminuição da dor, da força muscular, da flexibilidade, da consciência corporal e da coordenação motora. Esses benefícios ajudariam a prevenir lesões e proporcionar alívio das dores crônicas. Outros estudos apontam que há uma melhora mais significativa em pacientes que realizaram Pilates quando comparados com aqueles que fizeram tratamento convencional.

 

Veja na imagem da ressonância magnética abaixo um caso de hérnia de disco lombar que foi reabsorvida em 4 meses e #Partiu #Pilates 😉

 

Fonte: Artigo online e drlucianopellegrin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s